Coleta de biometria de clientes pela Raia Drogasil é questionada

Coleta de biometria de clientes pela Raia Drogasil é questionada

O Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec) usou notificação extrajudicial para questionar a Raia Drogasil se a prática de coletar a impressão digital de clientes está de acordo com Lei de Geral de Proteção de Dados, revelou o G1.

A rede de farmácias utiliza a impressão digital de consumidores para o cadastro em programas de relacionamento. Na notificação extrajudicial, o Idec quer mais detalhes sobre a coleta e o uso dos dados biométricos dos clientes. Além disso, o instituto pediu a interrupção de eventuais atos que descumpram a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD).

Em vigor desde setembro de 2020, a LGPD estabelece regras para o tratamento de dados pessoais e exige que o titular seja informado sobre a finalidade da coleta das informações. Para dados biométricos, como a impressão digital, a lei determina que os clientes devem ser avisados sobre os riscos de vazamento das informações.

Além da Raia Drogasil, a notificação foi enviada para a Associação Brasileira das Redes de Farmácias e Drogarias (Abrafarma). Segundo apurou o G1, o Idec solicitou um retorno de ambas em até dez dias. A Abrafarma afirmou ao G1 que não vai se posicionar sobre a notificação.

Já a Raia Drogasil, em nota à imprensa, afirmou que usa a impressão digital porque este é um meio seguro para validar a identidade do titular dos dados. A rede informou que coleta a biometria para registrar preferências em programas de fidelidade e para identificar quem tem cartão de benefícios da farmácia, mas não é uma condicionante para obter descontos em produtos.

Receba nossas notícias por e-mailCadastre aqui seu endereço eletrônico para receber nossas matérias diariamente

publicidade inserida(https://www.ictq.com.br/pos-graduacao)

A Raia Drogasil alegou ainda que a coleta da biometria não é obrigatória e só é usada para confirmar o consentimento do cliente em programas de relacionamento. Segundo ela, os clientes podem autorizar o cadastro por SMS e formulário impresso.

Por fim, a rede também apontou que adota medidas para proteger dados dos clientes e que eles não são comercializados, nem fornecidos a terceiros. Ela indicou ainda que “prestará todas as informações, pois está adequada aos princípios legais estipulados pela LGPD, tendo compromisso com a privacidade de seus clientes e a transparência em seus negócios”.

Participe também: Grupos de WhatsApp e Telegram para receber notícias farmacêuticas diariamente.

Obrigado por apoiar o jornalismo profissional

A missão da Agência de notícias do ICTQ é levar informação confiável e relevante para ajudar os leitores a compreender melhor o universo farmacêutico. O leitor tem acesso ilimitado às reportagens, artigos, fotos, vídeos e áudios publicados e produzidos, de forma independente, pela redação da Instituição. Sua reprodução é permitida, desde que citada a fonte. O ICTQ é o principal responsável pela especialização farmacêutica no Brasil. Muito obrigado por escolher a Instituição para se informar.

Veja mais materias sobre:

Seminários, Farmácia, Drogarias

Atendimento

Atendimento de segunda a quinta-feira das 08:00h às 18:00h e sexta-feira das 08:00h às 17:00h (Exceto Feriados).

Telefones:

  • 0800 602 6660
  • (62) 3937-7056
  • (62) 3937-7063

Whatsapp

Endereço

Escritório administrativo - Goiás

Rua Benjamin Constant, nº 1491, Centro, Anápolis - GO.

CEP: 75.024-020

Escritório administrativo - São Paulo

Rua: Haddock Lobo, n° 131, Sala: 911, Cerqueira César.

CEP: 01414-001 , São Paulo -SP.

Fale conosco

PÓS-GRADUAÇÃO - TURMAS ABERTAS