Alerta: Anvisa determina recolhimento de lotes do Allexofedrin por falha em rotulagem

Alerta: Anvisa determina recolhimento de lotes do Allexofedrin por falha em rotulagem

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) determinou o recolhimento de alguns lotes do medicamento Allexofedrin, da EMS. Segundo o órgão sanitário, a medida aconteceu devido ao rótulo do produto não trazer as informações referentes à nova formulação. A informação foi divulgada por meio da RE 2.476, de 15 de junho de 2020, no Diário Oficial da União (D.O.U.).

O medicamento é indicado como anti-histamínico no tratamento das manifestações alérgicas, tais como rinite e urticária. Segundo a Agência reguladora, a rotulagem está em desacordo com o artigo 77 da RDC 71/09, “por não trazer informação de que se trata de nova formulação”. Por isso, a Anvisa explica que “as ações de fiscalização perduram até a adequação da rotulagem pela empresa”.

Receba nossas notícias por e-mail: Cadastre aqui seu endereço eletrônico para receber nossas matérias diariamente

A RDC 71/09 dispõe sobre regras para rótulos de medicamentos. Nesse sentido, o artigo 77 estabelece que: “No caso de alterações qualitativas excipientes aprovadas pela Anvisa, em que a empresa desejar manter o nome comercial e a mesma indicação terapêutica, os rótulos das embalagens secundárias e, na sua ausência, da primária, devem conter a frase ‘nova fórmula’ próxima o nome comercial ou, na sua ausência, da denominação genérica, com tamanho mínimo de 30% da altura do seu maior caractere”.

Lotes citados

Os lotes que tiveram o recolhimento determinado pela Anvisa foram:

- Lotes a partir de 16/05/2019 das apresentações: (180 MG COM REV CT BL AL PLAS OPC X 10); (120 MG COM REV CT BL AL PLAS OPC X 10); (120 MG COM REV CT BL AL PLAS OPC X 30); e (180 MG COM REV CT BL AL PLAS OPC X 30).

Em nota enviada à equipe de jornalismo do Portal do ICTQ - Instituto de Pesquisa e Pós-Graduação para o Mercado Farmacêutico, a EMS esclarece que "discorda da determinação e interpôs recurso administrativo com efeito suspensivo contra a referida decisão". O laboratório "reitera que o medicamento Allexofedrin é seguro e eficaz e que a resolução não tem relação com os aspectos técnicos do produto". Por fim, a empresa informa seu canal de atendimento para consumidores que tiverem eventuais dúvidas: serviço de atendimento ao consumidor (SAC), telefone 0800 019 1914, de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h. A RE 2.476/20 pode ser acessada no Diário Oficial (veja aqui).

publicidade inserida(https://www.ictq.com.br/pos-graduacao)

Cautela sobre recolhimentos

É importante ressaltar que alguns recolhimentos podem ser solicitados pelas próprias empresas, nessas situações, o procedimento é identificado como voluntário, funcionando apenas como uma medida de controle interno. Contudo, nesse caso, a RE 2.476/20 não cita que seja essa a situação.

Vale lembrar ainda que a medida é válida apenas para os lotes citados pela Agência reguladora nesta resolução. Em caso de dúvidas, ou da identificação de alguma unidade entre os produtos informados, o mais adequado é entrar em contato com a empresa farmacêutica responsável pelo medicamento e obter mais informações sobre o procedimento. Nessa situação, quem responde pelos fármacos é a EMS.

Participe também: Grupo de WhatsApp e Telegram para receber notícias farmacêuticas diariamente

Obrigado por apoiar o jornalismo profissional

A missão da Agência de notícias do ICTQ é levar informação confiável e relevante para ajudar os leitores a compreender melhor o universo farmacêutico. O leitor tem acesso ilimitado às reportagens, artigos, fotos, vídeos e áudios publicados e produzidos, de forma independente, pela redação da Instituição. Sua reprodução é permitida, desde que citada a fonte. O ICTQ é o principal responsável pela especialização farmacêutica no Brasil. Muito obrigado por escolher a Instituição para se informar.

Atendimento

Atendimento de segunda a quinta-feira das 08:00h às 18:00h e sexta-feira das 08:00h às 17:00h (Exceto Feriados).

Telefones:

  • 0800 602 6660
  • (62) 3937-7056
  • (62) 3937-7063

Whatsapp

Endereço

Escritório administrativo - Goiás

Rua Benjamin Constant, nº 1491, Centro, Anápolis - GO.

CEP: 75.024-020

Escritório administrativo - São Paulo

Rua: Haddock Lobo, n° 131, Sala: 911, Cerqueira César.

CEP: 01414-001 , São Paulo -SP.

Fale conosco

PÓS-GRADUAÇÃO - TURMAS ABERTAS