Nova indústria farmacêutica vai gerar 700 empregos em MG

Nova fábrica de medicamentos em MG vai gerar 700 empregos e exigir R$ 300 milhões

O laboratório farmacêutico e de biotecnologia Cristália revelou avanços no projeto de uma nova unidade fabril que vai construir em Montes Claros (MG). Entre as medidas nesse sentido, está a aquisição de uma antiga planta têxtil, que será reconfigurada para produção de medicamentos, revelou o jornal Hoje em Dia. A previsão de investimentos no local é de aproximadamente R$ 300 milhões.

De acordo com a empresa, Montes Claros foi escolhida por conceder incentivos fiscais para a implantação de indústrias e pelo fato de o imóvel adquirido contar com uma boa infraestrutura, acelerando as obras e adaptações necessárias para início da produção. A região também conta com mão de obra qualificada, fator que pesou bastante, uma vez que a empresa irá demandar cerca de 700 postos de trabalho nos próximos cinco anos.

A nova unidade terá como uma das metas a ampliação da produção de medicamentos do chamado kit intubação (que inclui anestésicos e narcoanalgésicos), usado na sedação de pacientes graves da Covid-19. Mas não se restringirá a isso, conforme informou ao Estado de Minas o presidente do Conselho Diretor e diretor geral do laboratório, Ricardo Pacheco.

“Embora a necessidade atual seja de ampliação de linhas de produção para medicamentos do kit intubação, esta planta será multipropósito e estará apta a produzir vários tipos de fármacos”, frisou Pacheco.

Para a empreitada, a empresa adquiriu um imóvel de 156 mil metros quadrados e 30 mil metros quadrados de área construída, onde funcionou por anos a fábrica de tecidos Santanense. A unidade pertencia ao Grupo Têxtil Coteminas, que possui outras duas unidades em Montes Claros.

Fundado em 1972 e sediado em Itapira (SP), com capital 100% nacional, o laboratório Cristália já possui outra planta em Minas – Pouso Alegre, Sul do Estado. Nessa unidade serão investidos R$ 100 milhões para produção de medicamentos injetáveis (ampolas e frasco). “Esta aquisição faz parte do plano de expansão do Cristália, que trabalha diariamente para atender à demanda do mercado brasileiro nos próximos anos, que tem crescido gradativamente”, afirmou Pacheco.

Com o anúncio do investimento pelo Laboratório Cristália, Montes Claros (414,48 mil habitantes) consolida-se como novo polo da indústria farmacêutica no País. O município sedia unidades da dinamarquesa Novo Nordisk (maior produtora de insulina do mundo) e a MSD Saúde Animal (fabricante de vacinas e produtos veterinários). Atualmente, estão em implantação na cidade unidades dos laboratórios Eurofarma e Hipolabo.

publicidade inserida(https://www.ictq.com.br/pos-graduacao)

Setor industrial oferece boas oportunidades ao farmacêutico

O farmacêutico industrial tem uma das carreiras mais concorridas e valorizadas do mercado. Com o avanço da legislação do setor, a crescente preocupação com a qualidade dos produtos industrializados e a necessidade de aumento de produtividade industrial a carreira demanda, cada vez mais, investimentos em aperfeiçoamento profissional.

Segundo os especialistas, ser farmacêutico na indústria exige do profissional conhecimentos aprofundados de gestão industrial e ferramentas da qualidade, normas nacionais e internacionais de Boas Práticas de Fabricação, técnicas de controle de qualidade, gestão de projetos e processos e, principalmente, da legislação sanitária do setor.

Receba nossas notícias por e-mailCadastre aqui seu endereço eletrônico para receber nossas matérias diariamente

A farmacêutica industrial e professora da pós-graduação de Gestão da Qualidade e Auditoria em Processos Industriais do ICTQ – Instituto de Pesquisa e Pós-Graduação para o Mercado Farmacêutico, Luciana Colli, destaca que, para quem quer seguir carreira na indústria, é preciso muita dedicação para estudar, desenvolver a própria capacidade de trabalhar em grupo e de gerir pessoas e processos.

Ela dá algumas dicas para o farmacêutico que deseja entrar na Indústria. “Investir em qualificação, tanto técnica quanto de cultura em geral. Ter fluência em idiomas, fazer intercâmbio e investir na própria imagem, na capacidade de construir relacionamento e rede de contatos”.

A professora do ICTQ revela também quais são as áreas que mais remuneram na indústria. “A área de gestão da qualidade, assuntos regulatórios, marketing e estratégia são as mais interessantes e atrativas na indústria farmacêutica”, diz. “Mas requerem um pouco além do conhecimento técnico. É preciso ser criativo, flexível e capaz de trazer soluções para a empresa”, ensina Luciana.

Participe também: Grupos de WhatsApp e Telegram para receber notícias farmacêuticas diariamente

Obrigado por apoiar o jornalismo profissional

A missão da Agência de notícias do ICTQ é levar informação confiável e relevante para ajudar os leitores a compreender melhor o universo farmacêutico. O leitor tem acesso ilimitado às reportagens, artigos, fotos, vídeos e áudios publicados e produzidos, de forma independente, pela redação da Instituição. Sua reprodução é permitida, desde que citada a fonte. O ICTQ é o principal responsável pela especialização farmacêutica no Brasil. Muito obrigado por escolher a Instituição para se informar.

Atendimento

Atendimento de segunda a quinta-feira das 08:00h às 18:00h e sexta-feira das 08:00h às 17:00h (Exceto Feriados).

Telefones:

  • 0800 602 6660
  • (62) 3937-7056
  • (62) 3937-7063

Whatsapp

Endereço

Escritório administrativo - Goiás

Rua Barão de Cotegipe nº 266, 6º andar, Caied Tower - Centro - Anápolis/GO CEP

CEP: 75025-010

Fale conosco

PÓS-GRADUAÇÃO - TURMAS ABERTAS