Incêndio atinge fabricante de vacinas da AstraZeneca adquiridas pelo Brasil

Incêndio atinge fabricante de vacinas da AstraZeneca adquiridas pelo Brasil

Um incêndio atingiu o Instituto Serum, maior fabricante mundial de vacinas, em Pune, na Índia, nesta quinta-feira (21/01). A empresa é responsável pelos 2 milhões de doses do imunizante contra o novo coronavírus (Covid-19), da AstraZeneca e da Universidade de Oxford, adquiridos pelo Brasil, entretanto a exportação ainda não foi autorizada pelo governo do país asiático.

De acordo com o jornal Times of India, o incêndio ocorre em uma planta em construção, por isso "não afetará a produção de vacinas contra o coronavírus". No entanto, nos canais de televisão indianos, as imagens mostram uma enorme nuvem de fumaça cinza sobre as dependências do Instituto.

Ainda de acordo com a imprensa indiana, cinco pessoas morreram. O prefeito da cidade de Pune, Murlidhar Mohol, afirmou que os mortos são, provavelmente, trabalhadores de construção civil que estavam no prédio.

Imbróglio diplomático

Segundo o jornal O Globo, o motivo pelo qual as vacinas ainda não chegaram em território nacional seria porque, em dezembro de 2020, o Brasil fez um acordo, por meio da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), com a Serum Institute of India para a disponibilização dos 2 milhões de doses prontas do antígeno da AstraZeneca, visando acelerar a imunização em massa com o medicamento que recebeu a autorização de uso emergencial no País, por meio da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Receba nossas notícias por e-mail: Cadastre aqui seu endereço eletrônico para receber nossas matérias diariamente

publicidade inserida(https://action.metaffiliation.com/trk.php?mclic=P510B9B57573121349)

Contudo, as doses acabaram retidas na Índia, pois, o governo daquele país afirma que dará prioridade à imunização da população local mais vulnerável, antes de começar a exportar o antígeno. No entanto, unidades da vacina já teriam sido enviadas para países do Sudeste Asiático.

Na terça-feira (19/01), a Índia teria anunciado que começaria a enviar vacinas para seis países. Entretanto, o Brasil não está na lista, fato que aumentou a tensão diplomática entre os dois países, pois, o Governo brasileiro comprou dois milhões de doses do imunizante, mas o antígeno ainda não tem data para chegar em território nacional.

A partir de quarta-feira (20/01), a Índia confirmou o fornecimento de vacinas subsidiadas para seis países vizinhos: Butão, Maldivas, Bangladesh, Nepal, Mianmar e Seicheles. 

Participe também: Grupos de WhatsApp e Telegram para receber notícias farmacêuticas diariamente

Obrigado por apoiar o jornalismo profissional

A missão da Agência de notícias do ICTQ é levar informação confiável e relevante para ajudar os leitores a compreender melhor o universo farmacêutico. O leitor tem acesso ilimitado às reportagens, artigos, fotos, vídeos e áudios publicados e produzidos, de forma independente, pela redação da Instituição. Sua reprodução é permitida, desde que citada a fonte. O ICTQ é o principal responsável pela especialização farmacêutica no Brasil. Muito obrigado por escolher a Instituição para se informar.

Atendimento

Atendimento de segunda a quinta-feira das 08:00h às 18:00h e sexta-feira das 08:00h às 17:00h (Exceto Feriados).

Telefones:

  • 0800 602 6660
  • (62) 3937-7056
  • (62) 3937-7063

Whatsapp

Endereço

Escritório administrativo - Goiás

Rua Benjamin Constant, nº 1491, Centro, Anápolis - GO.

CEP: 75.024-020

Escritório administrativo - São Paulo

Rua: Haddock Lobo, n° 131, Sala: 911, Cerqueira César.

CEP: 01414-001 , São Paulo -SP.

Fale conosco

PÓS-GRADUAÇÃO - TURMAS ABERTAS