Indústria Farmacêutica deverá gerar 2 mil novos empregos em Minas Gerais

Indústria Farmacêutica deverá gerar 2 mil novos empregos em Minas Gerais

De acordo com dados da Agência de Promoção de Investimento e Comércio Exterior de Minas Gerais (INDI), as indústrias farmacêuticas devem investir cerca de R$ 737 milhões no Estado. A iniciativa deverá gerar, ao menos, dois mil novos postos de trabalho para o setor, até 2021. Segundo a informação divulgada no G1, os municípios beneficiados com a ação serão Pouso Alegre e Poços de Caldas.

A farmacêutica Biolab anunciou que vai investir R$ 450 milhões em um novo complexo industrial, em Pouso Alegre. O espaço deverá produzir 200 milhões de unidades de medicamentos por ano, gerando 800 novas oportunidades de trabalho. Anteriormente, a farmacêutica havia comprado um terreno em Estiva, município vizinho, mas, por questões relacionadas à infraestrutura, teve que mudar os planos e trocar de cidade.

Há 20 anos em Pouso Alegre, a Cimed anunciou, em 2019, um aporte de quase R$ 200 milhões na construção de uma nova fábrica que funciona às margens da Rodovia Fernão Dias. A iniciativa deverá dobrar a capacidade de produção atual da indústria, com isso, a previsão é que até 2021 sejam geradas 500 novas vagas (diretas e indiretas).

Leia também: Setor Farmacêutico cresce 10% e prevê performance ainda melhor em 2020

Vale destacar que a Cimed é hoje a 4ª maior companhia do Brasil no setor farmacêutico e tem registrado crescimento anual de cerca de 20%. "Essa demanda que nós temos, em parte, é pela nossa metodologia de trabalho, a nossa linha comercial. Nós atendemos 50 mil pontos de venda diretamente, trabalhamos com as grandes redes e através dos nossos 25 centros de distribuição, atendemos esses pontos de venda diretos, e isso possibilita esse crescimento diferenciado", disse o diretor-industrial da empresa, Amaraí Furtado Silva ao G1.

Atualmente, a companhia já emprega mais de 2,4 mil trabalhadores em Pouso Alegre. Desses, cerca de 20% possuem curso superior, entre farmacêuticos e químicos. Além de fabricar medicamentos, a farmacêutica também investe no desenvolvimento de novos produtos, por meio de um instituto de pesquisa que funciona dentro da indústria. 

"Nós temos o Instituto Cláudia Marques, que é o espaço em que nós trabalhamos toda a parte clínica in vitro do desenvolvimento dos produtos, como estudos de bioequivalência e estudos clínicos. Além disso, gera essa capacitação e um nível de empregabilidade diferente aqui", ressalta Silva.

Ele completa: "São mais de 700 profissionais de nível superior, então, o nível de emprego que a gente gera é de um nível diferente, além de trazer uma característica intangível para a região".

Já em Poços de Caldas, a Myralis anunciou, em 2019, um investimento de R$ 28 milhões na cidade até 2021. Com isso, deverá empregar mil pessoas no período de três anos.

Motivos para os investimentos

Segundo especialistas entrevistados pelo G1, as razões para os investimentos no Estado de Minas Gerais são três: a proximidade com grandes centros de oferta, a mão de obra qualificada e o incentivo fiscal.

"O maior incentivo que as empresas têm para vir para Minas Gerais é o ICMS. O Governo estadual está dando uma condição extremamente favorável em termos de recolhimento de ICMS. Estando em Minas, o melhor local para a indústria que se destina ao consumidor final é claramente Pouso Alegre, por causa da sua localização geográfica e estratégica em termos logísticos", explicou o secretário de Desenvolvimento Econômico de Pouso Alegre, Dino Francescato, que esteve no cargo até o final de 2019.

Por fim, ele ressalta: "Pouso Alegre está no centro geográfico do PIB brasileiro. Do ponto de vista de distribuição é o melhor lugar que existe. Fora isso, entram todos os benefícios inerentes à cidade, centro médico de referência, muitas escolas, mão de obra qualificada, escolas de farmácia, tem tudo que uma indústria de porte, com produtos de qualidade precisa", finaliza.

Participe também: Grupo de WhatsApp para receber notícias farmacêuticas diariamente

Obrigado por apoiar o jornalismo profissional

A missão da Agência de notícias do ICTQ é levar informação confiável e relevante para ajudar os leitores a compreender melhor o universo farmacêutico. O leitor tem acesso ilimitado às reportagens, artigos, fotos, vídeos e áudios publicados e produzidos, de forma independente, pela redação da Instituição. Sua reprodução é permitida, desde que citada a fonte. O ICTQ é o principal responsável pela especialização farmacêutica no Brasil. Muito obrigado por escolher a Instituição para se informar.

Atendimento

Atendimento de segunda a quinta-feira das 08:00h às 18:00h e sexta-feira das 08:00h às 17:00h (Exceto Feriados).

Telefones:

  • 0800 602 6660
  • (62) 3937-7056
  • (62) 3937-7063

Whatsapp

Endereço

Escritório administrativo - Goiás

Rua Benjamin Constant, nº 1491, Centro, Anápolis - GO.

CEP: 75.024-020

Escritório administrativo - São Paulo

Rua: Haddock Lobo, n° 131, Sala: 911, Cerqueira César.

CEP: 01414-001 , São Paulo -SP.

Fale conosco

PÓS-GRADUAÇÃO - TURMAS ABERTAS