Walmart lança nova insulina e acirra concorrência

Com insulina, Walmart quer concorrer com Eli Lilly, Sanofi e Novo Nordisk

Walmart avança uma casa na sua estratégia de ganhar espaço no setor farmacêutico ao lançar marca própria de insulina nos Estados Unidos. A empresa promete que o produto será entre 58% e 75% mais barato do que a concorrência, revelou a Folha.

De acordo com a rede varejista, a nova insulina, chamada de ReliOn, estará disponível nesta semana nas farmácias norte-americanas do Walmart e no próximo mês nas do Sam’s Club. Será exigirá receita médica para a compra do produto. Segundo o jornal USA Today, serão oferecidos frascos de insulina comuns e do tipo ‘FlexPens’ (espécie de caneta para autoaplicação) para a administração das doses.

publicidade inserida(https://www.ictq.com.br/pos-graduacao)

Com a ação, a empresa promete “revolucionar o acesso ao tratamento para o diabetes” e espera abocanhar uma fatia das receitas das líderes do segmento Eli Lilly, Sanofi e Novo Nordisk.

“Sabemos que muitas pessoas com diabetes lutam para gerenciar o fardo financeiro dessa condição e estamos focados em ajudar fornecendo soluções acessíveis. Também sabemos que essa é uma condição que impacta desproporcionalmente as populações carentes”, afirmou, em nota, a vice-presidente da divisão Walmart Health & Wellness, Cheryl Pegus, reportado pelo portal Neofeed.

A insulina de baixo custo do Walmart surge em meio aos custos crescentes do tratamento do diabetes, conforme apurou a Istoé Dinheiro. De acordo com o Health Care Cost Institute, o preço médio de uma prescrição de insulina praticamente dobrou entre 2012 – US$ 344 (R$ 1.700) e  2016 – US$ 666 (R$ 3,2 mil). Anualmente, os custos médicos para o tratamento do diabetes são estimados em cerca de US$ 9.601 (R$ 47,4 mil) por pessoa nos Estados Unidos.

Com a marca própria de insulina, o Walmart prossegue na estratégia de consolidar sua atuação no mercado de saúde. Nesse percurso, a rede já investiu em frentes como a abertura de clínicas de atenção primária, primeiro nos Estados Unidos e, desde 2020, em países como o México, segundo o Neofeed.

Tais esforços também incluem investimentos em aquisições. Em junho do ano passado, a varejista comprou os ativos de tecnologia e de propriedade intelectual da CareZone, startup dona de um aplicativo que ajuda os usuários a controlarem o horário de tomar seus medicamentos. Em maio deste ano, o Walmart anunciou um acordo para a aquisição da MeMD, startup fundada em 2010 e dona de uma plataforma de telemedicina.

Receba nossas notícias por e-mail: Cadastre aqui seu endereço eletrônico para receber nossas matérias diariamente

Outra rede varejista, a Amazon, também está tentando conquistar espaço na área da saúde. Com seu gigantismo, a companhia já é percebida como uma ameaça, por exemplo, para as grandes redes de farmácias norte-americanas, como Walgreens, CVS e o próprio Walmart, segundo o Neofeed apurou.

Fruto de um trabalho de dois anos, sua entrada nesse segmento se deu em novembro de 2020, com o lançamento da Amazon Pharmacy, plataforma on-line de compra e entrega de medicamentos com prescrição médica, com uma série de descontos. A expectativa é de que a empresa também invista em lojas físicas no setor.

Em meio a esse cenário comercial efervescente, é importante destacar o papel clínico do farmacêutico no tratamento do diabetes, conforme frisa o farmacêutico clínico e professor da pós-graduação em Farmácia Clínica e Prescrição Farmacêutica no ICTQ – Instituto de Pesquisa e Pós-Graduação para o Mercado Farmacêutico, André Schmidt.

“O farmacêutico tem um papel técnico e social muito importante, mesmo porque 70% dos pacientes não sabem que têm e não controlam o diabetes”, diz Schmidt, lembrando que o farmacêutico é o profissional da saúde mais acessível à população e talvez o único tão acessível de forma imediata. Assim, “ele tem uma função fundamental na busca de soluções para esse problema de saúde, inclusive por meio de encaminhamentos aos especialistas quando identificado o pré-diabetes na farmácia”.

Participe também: Grupos de WhatsApp e Telegram para receber notícias farmacêuticas diariamente.

Obrigado por apoiar o jornalismo profissional

A missão da Agência de notícias do ICTQ é levar informação confiável e relevante para ajudar os leitores a compreender melhor o universo farmacêutico. O leitor tem acesso ilimitado às reportagens, artigos, fotos, vídeos e áudios publicados e produzidos, de forma independente, pela redação da Instituição. Sua reprodução é permitida, desde que citada a fonte. O ICTQ é o principal responsável pela especialização farmacêutica no Brasil. Muito obrigado por escolher a Instituição para se informar.

Veja mais materias sobre:

Farmácia, Medicamentos, Farmácia Clínica

Atendimento

Atendimento de segunda a quinta-feira das 08:00h às 18:00h e sexta-feira das 08:00h às 17:00h (Exceto Feriados).

Telefones:

  • 0800 602 6660
  • (62) 3937-7056
  • (62) 3937-7063

Whatsapp

Endereço

Escritório administrativo - Goiás

Rua Benjamin Constant, nº 1491, Centro, Anápolis - GO.

CEP: 75.024-020

Escritório administrativo - São Paulo

Rua: Haddock Lobo, n° 131, Sala: 911, Cerqueira César.

CEP: 01414-001 , São Paulo -SP.

Fale conosco

PÓS-GRADUAÇÃO - TURMAS ABERTAS