Covid-19: hospitais terão totem para medir temperatura de pacientes à distância

Covid-19: hospitais terão totem para medir temperatura de pacientes à distância

Por meio de Inteligência Artificial (IA), duas startups desenvolveram um totem para medir a temperatura de pacientes, à distância, na recepção dos hospitais. Inicialmente, o produto já está instalado no Hospital Albert Einstein, em São Paulo. Contudo, a ideia é que em pouco tempo o sistema possa ser utilizado em demais unidades de saúde por todo o Estado, segundo informação divulgada pelo G1.

Intitulado de Fevver, em alusão à palavra febre em inglês, o aparelho foi criado pelas empresas Hoobox e Radsquare, que trabalham em parceria na incubadora de startups do Einstein, chamada Eretz.bio.

O método é composto por uma câmera termográfica e algoritmos de reconhecimento facial, com isso, o sistema escaneia o rosto dos pacientes e mede a temperatura de forma automatizada. Caso seja detectado que a pessoa está com febre (que é um dos sintomas da Covid-19), o aparelho, que funciona por meio de IA, envia uma mensagem por smartphone à equipe de enfermagem que estiver de plantão na unidade hospitalar. Ao receberem o alerta, rapidamente, os profissionais de saúde dão início aos protocolos de isolamento, para evitar a proliferação do vírus no ambiente. 

Receba nossas notícias por e-mail: Cadastre aqui seu endereço eletrônico para receber nossas matérias diariamente

De acordo com os pesquisadores que desenvolveram o sistema, a temperatura do paciente é medida no canto dos olhos: "Como são estruturas sem cobertura epidérmica [de pele], têm umidade relativamente estável e são vascularmente muito próximas do cérebro, onde é realizado o controle térmico corporal, os dutos lacrimais são os locais ideais para avaliar a temperatura corporal por termografia", explica o diretor de estratégia da Radsquare, Felipe Brunetto Tancredi, em entrevista publicada no portal UOL.

Já o CEO da Hoobox, Pedro Gurgel Pinheiro, avalia que o sistema é extremamente útil, principalmente, na atual situação de calamidade na saúde: “Isso é especialmente importante nessas situações de pandemia, como essa de Covid-19 que estamos vivendo, em que muitos pacientes com sintomas da doença precisam ser atendidos ao mesmo tempo", afirma.

Já para o diretor de inovação do Hospital Albert Einstein, José Cláudio Cyrineu, o aparelho auxilia, não apenas, na proteção dos pacientes, mas também na segurança dos profissionais de saúde: "Essa tecnologia é extremamente útil para fazer triagem de forma muito rápida e direcionar pessoas que estão com febre, e eventualmente com Covid-19, para um local adequado. Isso aumenta a segurança não só dos pacientes, mas dos funcionários do hospital", destaca.

No Einstein, como o resultado do sistema tem sido satisfatório, em breve, o aparelho deverá ser instalado em outros setores do hospital.

Participe também: Grupo de WhatsApp para receber notícias farmacêuticas diariamente

Obrigado por apoiar o jornalismo profissional

A missão da Agência de notícias do ICTQ é levar informação confiável e relevante para ajudar os leitores a compreender melhor o universo farmacêutico. O leitor tem acesso ilimitado às reportagens, artigos, fotos, vídeos e áudios publicados e produzidos, de forma independente, pela redação da Instituição. Sua reprodução é permitida, desde que citada a fonte. O ICTQ é o principal responsável pela especialização farmacêutica no Brasil. Muito obrigado por escolher a Instituição para se informar.

Atendimento

Atendimento de segunda a quinta-feira das 08:00h às 18:00h e sexta-feira das 08:00h às 17:00h (Exceto Feriados).

Telefones:

  • 0800 602 6660
  • (62) 3937-7056
  • (62) 3937-7063

Whatsapp

Endereço

Escritório administrativo - Goiás

Rua Benjamin Constant, nº 1491, Centro, Anápolis - GO.

CEP: 75.024-020

Escritório administrativo - São Paulo

Rua: Haddock Lobo, n° 131, Sala: 911, Cerqueira César.

CEP: 01414-001 , São Paulo -SP.

Fale conosco

PÓS-GRADUAÇÃO - TURMAS ABERTAS