Netflix debate: estamos preparados para uma pandemia?

Série explica como prevenir uma pandemia no momento em que brasil confirma 1º caso de coronavírus

Em cartaz na Netflix desde janeiro, a série  Pandemic – How to prevent an outbreak (Pandemia – Como prevenir uma eclosão) chegou ao serviço de streaming no mesmo momento em que o coronavírus (Covid-19) surgiu na China. A produção retrata o trabalho de profissionais de saúde, que estão na linha de frente na luta contra as epidemias de gripe, especialmente, as causadas pelo vírus H1N1.

A médica e produtora da série, Sheri Fink, explica que quando soube dos primeiros casos do Covid-19 pensou em duas coisas: “Primeiro, fiquei contente de a série existir porque ela pode dar informação de qualidade às pessoas em um tempo assustador. Mas também fiquei muito triste porque sei o tamanho do estrago que um novo patógeno pode causar", disse ela, em matéria publicada no jornal Diário de Pernambuco.

Gravada em quatro países, em seis episódios, a série acompanha, por exemplo, a história de um médico que, na Índia, se dedica a tentar ajudar os pacientes por meio do diagnóstico precoce, já que isso pode aumentar as chances de cura dos infectados.

Leia também: Ator Jackie Chan oferece R$ 615 mil para quem descobrir cura do coronavírus

Produzida pela Zero Point Zero Productions (ZPZ), as filmagens acompanham os personagens em seus respectivos trabalhos em hospitais, laboratórios, criadouros de aves, nos tribunais e até em campanhas de vacinação contra a gripe. Segundo um dos idealizadores da produção, Jeremiah Crowell, essa estratégia deixa o documentário mais real.

“Seria um caminho fácil fazer um documentário sobre a pandemia de gripe com um grupo de especialistas falando sobre a doença, mas ninguém, nesse projeto, queria imagens de arquivo e um monte de gráficos. Queríamos fazer algo com as pessoas que estão nas linhas de frente, que representasse o agora, o que está sendo feito. Achávamos que seria a melhor forma de as pessoas entenderem o que é a pandemia de influenza e as armadilhas que ela carrega, pois, também sabíamos que seria mais atraente de assistir”, afirma.

Nesse sentido, Sheri complementa: "Então, em vez de fazer uma série sobre bastidores, nós queríamos mostrar os pontos de vista com as pessoas que trabalham todos os dias, arduamente, para prevenir o ataque desses patógenos. Para nós, termos histórias para mostrar, em vez de contar, é muito mais atraente. Você pode entender melhor quando assiste. Você está vendo algo e não ouvindo alguém te contar algo".

Por fim, a médica ressalta que, em se tratando de pandemias, o mundo não consegue se precaver totalmente: "Estar perfeitamente preparado é impossível. Sempre haverá desafios. Muito do nosso documentário é sobre se preparar. É uma luta constante que as pessoas que fazem esse trabalho empreendem para poder convencer os outros a confiar neles. E podemos ver mundo afora que, às vezes, há muito medo e pânico, ou então que pessoas não confiam nas autoridades públicas. Claro que não estamos perfeitamente preparados, há muitas lacunas, mas também há muitas pessoas arriscando a própria vida para fazer esse trabalho. Essa é a parte boa", finaliza.

Participe também: Grupo de WhatsApp para receber notícias farmacêuticas diariamente

Obrigado por apoiar o jornalismo profissional

A missão da Agência de notícias do ICTQ é levar informação confiável e relevante para ajudar os leitores a compreender melhor o universo farmacêutico. O leitor tem acesso ilimitado às reportagens, artigos, fotos, vídeos e áudios publicados e produzidos, de forma independente, pela redação da Instituição. Sua reprodução é permitida, desde que citada a fonte. O ICTQ é o principal responsável pela especialização farmacêutica no Brasil. Muito obrigado por escolher a Instituição para se informar.

Veja mais materias sobre:

Farmacêutica, Farmacêutico, Farmácia Clínica

Atendimento

Atendimento de segunda a quinta-feira das 08:00h às 18:00h e sexta-feira das 08:00h às 17:00h (Exceto Feriados).

Telefones:

  • 0800 602 6660
  • (62) 3937-7056
  • (62) 3937-7063

Whatsapp

Endereço

Escritório administrativo - Goiás

Rua Benjamin Constant, nº 1491, Centro, Anápolis - GO.

CEP: 75.024-020

Escritório administrativo - São Paulo

Rua: Haddock Lobo, n° 131, Sala: 911, Cerqueira César.

CEP: 01414-001 , São Paulo -SP.

Fale conosco

PÓS-GRADUAÇÃO - TURMAS ABERTAS