Em pandemia, 200 estudantes de Medicina fazem festa em praia na Argentina

Em pandemia, 200 estudantes de Medicina fazem festa em praia na Argentina

Cerca de 200 estudantes de Medicina se aglomeraram em uma praia em Rosário, na Argentina, nesta quarta-feira (31/03), mesmo em meio ao crescente número de mortes pelo novo coronavírus (Covid-19) naquele país. Além da aglomeração, os futuros médicos não usaram máscaras, muito menos respeitaram qualquer medida de distanciamento social.

Segundo a imprensa argentina, o caso tem provocado uma enorme indignação nas redes sociais, ainda mais por se tratar de alunos de um curso na área de Saúde. Além disso, autoridades também já estão se manifestando. O jornal Clarín, por exemplo, publicou que o prefeito Pablo Javkin pretende abrir uma investigação para verificar como ocorreu a organização da festa, que não cumpriu absolutamente nenhuma medida sanitária.

“Principalmente de um corpo discente ligado à Saúde é de onde menos se espera. É preciso pontuar esses fatos não só para ficar indignado, o que é apropriado, mas para entender o que não se deve fazer”, destacou o prefeito.

Receba nossas notícias por e-mailCadastre aqui seu endereço eletrônico para receber nossas matérias diariamente

Ainda de acordo com as informações, a festa foi realizada pelos formandos em Medicina, pois, eles estão iniciando o último semestre. Nesse sentido, o jornal La Capital destaca que o reitor da Escola de Medicina da Universidade Nacional de Rosário, Jorge Molinas, deverá "conversar" com os universitários que estiveram no evento, intitulado, localmente, de "bajada", que pode ser traduzido como ‘chopada’.

Molinas teria tomado conhecimento da festa apenas depois que o assunto ganhou repercussão nas redes sociais. “Vamos descobrir do que se trata, mais precisamente para dialogar com eles. Estamos preocupados e queremos verificar”, disse o reitor.

publicidade inserida(https://www.ictq.com.br/pos-graduacao)

 

De acordo com informação publicada no jornal Extra, para entrar na praia em que foi realizada a festa é necessário pagar uma taxa e, no local, seria proibido consumir bebidas alcoólicas. Contudo, os responsáveis pela região acreditam que as garrafas tenham sido levadas pelos estudantes por um caminho clandestino, fato que teria despistado os seguranças.  Para essa ação, os universitários teriam se organizado em pequenos grupos. A chopada rolou entre às 14h e às 18h (horário local) e a aglomeração só foi dispersada com apoio da Guarda Urbana.

 Opinião de especialistas

Para o farmacêutico e professor da pós-graduação em Farmácia Clínica e Prescrição Farmacêutica no ICTQ – Instituto de Pesquisa e Pós-Graduação para o Mercado Farmacêutico, Rafael Poloni, além das vacinas, evitar aglomerações é uma medida necessária no combate ao vírus.

“A vacinação contra a Covid-19 pode demorar tempo além do estimado para alcançar níveis suficientes de imunização de rebanho, muito embora o mercado mundial tenha se esforçado para produzir a contento as vacinas. Sendo assim, é necessário que toda a população permaneça envidando esforços no combate ao novo coronavírus, evitando aglomerações, utilizando máscaras e lavando sempre as mãos ou usando álcool 70%”, argumenta Poloni, em entrevista à equipe de jornalismo do ICTQ.

Participe também: Grupos de WhatsApp para receber notícias farmacêuticas diariamentes diariamente.

Obrigado por apoiar o jornalismo profissional

A missão da Agência de notícias do ICTQ é levar informação confiável e relevante para ajudar os leitores a compreender melhor o universo farmacêutico. O leitor tem acesso ilimitado às reportagens, artigos, fotos, vídeos e áudios publicados e produzidos, de forma independente, pela redação da Instituição. Sua reprodução é permitida, desde que citada a fonte. O ICTQ é o principal responsável pela especialização farmacêutica no Brasil. Muito obrigado por escolher a Instituição para se informar.

Veja mais materias sobre:

coronavírus, Covid-19, pandemia

Atendimento

Atendimento de segunda a quinta-feira das 08:00h às 18:00h e sexta-feira das 08:00h às 17:00h (Exceto Feriados).

Telefones:

  • 0800 602 6660
  • (62) 3937-7056
  • (62) 3937-7063

Whatsapp

Endereço

Escritório administrativo - Goiás

Rua Benjamin Constant, nº 1491, Centro, Anápolis - GO.

CEP: 75.024-020

Escritório administrativo - São Paulo

Rua: Haddock Lobo, n° 131, Sala: 911, Cerqueira César.

CEP: 01414-001 , São Paulo -SP.

Fale conosco

PÓS-GRADUAÇÃO - TURMAS ABERTAS