Como é a atuação do farmacêutico no tratamento de rugas verticais

Como é a atuação do farmacêutico no tratamento de rugas verticais

Em farmácia estética, os procedimentos voltados ao combate dos sinais do envelhecimento ganham cada vez mais procura pelos pacientes. Em especial, quando se trata das rugas.

Sobre esse tema, vale saber que, além das já conhecidas rugas horizontais, comuns por exemplo, ao redor dos olhos, há as verticais, que necessitam de tratamentos mais complexos. Essas são comuns de identificar ao franzir a testa e fazer fisionomia de raiva em frente ao espelho. Logo se verá os sinais de expressão verticais na região entre as sobrancelhas.

Neste caso, o farmacêutico esteta atua para levar ao paciente o melhor tratamento das rugas verticais. Por isso, é importante ficar claro que esse tipo de marca na pele é comum após os 40 anos. Em matéria publicada no portal Marie Clare, a farmacêutica, Claudia Coral, explica que esses sinais de envelhecimento podem surgir nas sobrancelhas, ao redor dos lábios, pescoço, colo e até mesmo na pele entre os seios.

Receba nossas notícias por e-mailCadastre aqui seu endereço eletrônico para receber nossas matérias diariamente

O especialista em Farmácia Estética e Análises Clínicas e coordenador da pós-graduação em Farmácia Estética Clínica do ICTQ – Instituto de Pesquisa e Pós-Graduação para o Mercado Farmacêutico, Pedro Sousa, completa que o aparecimento dos diferentes tipos de ruga ocorre devido à desidratação da pele e à redução natural na produção de colágeno e elastina.

Já no que se refere especialmente às rugas verticais, ele destaca que o surgimento na região da testa se dá principalmente pelo hábito de dormir pressionando o rosto. Além disso, ele reforça que esses tipos de ruga exigem tratamentos mais complexos.

O farmacêutico no tratamento das rugas verticais

O professor detalha como se dá a atuação do farmacêutico e os diferentes tipos de tratamento que ele pode oferecer ao paciente que busca minimizar suas rugas verticais.

“É sempre importante, e cabe ao profissional farmacêutico habilitado, pensar de forma múltipla para o tratamento dessa disfunção estética. Como já abordamos que as rugas aparecem pela perda estrutural natural da pele, um tratamento com nutracêuticos, colágeno hidrolisado, uma boa dosagem diária de vitamina C e silício orgânico são peças fundamentais para o tratamento oral dessas rugas verticais”.

Ele acrescenta que o farmacêutico esteta pode usar estratégias locais de tratamento dessas rugas. Um exemplo disso é o uso tradicional de toxina botulínica, o chamado botox.

“Apesar de não ter seu mecanismo de ação direto na pele, a toxina botulínica promove o relaxamento do músculo na localidade, reduzindo o ‘pregueamento’ da pele”, explicou ele.

O professor cita ainda outros tratamentos, como o intradermoterapia com bioativos que promovem hidratação profunda da pele, o microagulhamento para gerar uma lesão controlada que promove a estimulação de novas fibras de colágeno, além de bioestimuladores de colágeno.

Quanto, particularmente, às rugas verticais na região da boca, ele destaca que o tratamento são os bioestimuladores de colágeno, que geram uma inflamação local com renovação das fibras de colágeno.

publicidade inserida(https://ictq.com.br/pos-graduacao/pos-graduacao-em-farmacia-clinica-e-prescricao-farmaceutica-2-46a)

Qual técnica utilizar?

Sousa destaca que o farmacêutico pode realizar uma combinação de técnicas para propor o melhor tratamento ao paciente que deseja tratar as rugas verticais. No entanto, ele enfatiza que o profissional deve ser devidamente habilitado em estética.

“Como os resultados são muito mais expressivos quando realizamos associações de técnicas, o profissional farmacêutico habilitado pode montar um protocolo específico para cada paciente, de acordo com o grau de comprometimento cutâneo”.

Cabe reforçar que somente o farmacêutico esteta tem autorização para realizar todas as técnicas citadas, conforme prevê a Resolução 616/15, do Conselho Federal de Farmácia (CFF). A norma definiu os requisitos técnicos para o exercício profissional na saúde estética e atribuiu ao farmacêutico esteta recursos terapêuticos invasivos não cirúrgicos.

Cosméticos no combate às rugas

Além das técnicas, o farmacêutico esteta tem ainda autorização para prescrever cosméticos que tenham o potencial de prevenir ou tratar os sinais de rejuvenescimento.

Nesse caso, em aula da pós-graduação de Farmácia Estética Clínica e Prescrição Farmacêutica do ICTQ, o professor Alipio Carmo destaca que os chamados “cosméticos de grau II” são os produtos indicados para essa finalidade.

Essa classificação se dá, segundo o professor explica, porque os cosméticos de grau II necessitam de comprovação científica da eficácia e segurança, assim como das informações detalhadas quanto ao modo de usar ou restrições, diferentemente dos cosméticos de grau I, que não precisam dessas comprovações.

Além disso, ele acrescenta que há ainda os dermocosméticos que têm um uso diferenciado, pois é um grupo de produtos voltados para o uso pessoal que atuam beneficamente sobre o organismo, causando modificações positivas e duráveis na saúde de pele, mucosas ou couro cabeludo.

No entanto, o professor destaca que para fazer a prescrição do produto mais indicado a cada paciente, é importante entender qual o objetivo pretendido, com o tratamento e também conhecer os tipos de pele e os diferentes tipos de produto para indicar o ideal, pois, dada a grande quantidade de opções no mercado, uma indicação que não foi bem feita pode ocasionar lesões ao paciente.

“A área de estética, de cuidados pessoais, vem crescendo gradativamente. Precisamos melhorar a atenção farmacêutica com esses produtos e oferecer um controle maior, porque nós temos muitos itens no mercado, mas, muitas vezes, podem levar a lesões e danos irreparáveis”, finaliza Carmo.

Saiba mais sobre atuação do farmacêutico nos cuidados da pele

A atuação do farmacêutico com dermocosméticos é um dos temas estudados pelos alunos da pós-graduação em Farmácia Clínica e Prescrição Farmacêutica do ICTQ.

Em aula, o professor Alipio Carmo contextualiza sobre o campo da Cosmetologia, explicando as definições de cosméticos, dermocosméticos, além de aprofundar nos estudos sobre a pele, tipos de pele e os diferentes tipos de tratamentos que são utilizados para atender às necessidades dos pacientes de forma segura e eficaz.

De forma objetiva e com exemplos práticos, o farmacêutico aprende como se dá a atuação, em especial, na prescrição de dermocosméticos ao paciente.

Confira, abaixo, um dos vídeos que fazem parte do curso oferecido pelo ICTQ.

Participe também: Grupos de WhatsApp e Telegram para receber notícias farmacêuticas diariamente

Obrigado por apoiar o jornalismo profissional

A missão da Agência de notícias do ICTQ é levar informação confiável e relevante para ajudar os leitores a compreender melhor o universo farmacêutico. O leitor tem acesso ilimitado às reportagens, artigos, fotos, vídeos e áudios publicados e produzidos, de forma independente, pela redação da Instituição. Sua reprodução é permitida, desde que citada a fonte. O ICTQ é o principal responsável pela especialização farmacêutica no Brasil. Muito obrigado por escolher a Instituição para se informar.

Veja mais materias sobre:

Farmacêutico, Farmácia Clínica, estética

Atendimento

Atendimento de segunda a quinta-feira das 08:00h às 18:00h e sexta-feira das 08:00h às 17:00h (Exceto Feriados).

Telefones:

  • 0800 602 6660
  • (62) 3937-7056
  • (62) 3937-7063

Whatsapp

Endereço

Escritório administrativo - Goiás

Rua Benjamin Constant, nº 1491, Centro, Anápolis - GO.

CEP: 75.024-020

Escritório administrativo - São Paulo

Rua: Haddock Lobo, n° 131, Sala: 911, Cerqueira César.

CEP: 01414-001 , São Paulo -SP.

Fale conosco

PÓS-GRADUAÇÃO - TURMAS ABERTAS