Homem provoca aborto em namorada usando medicamento escondido em relação sexual

Homem provoca aborto em namorada usando medicamento escondido em relação sexual

Giuliano Augusto Trondoli Cunha foi denunciado pelo Ministério Público de São Paulo (MP-SP) por ter provocado um aborto em sua namorada sem o consentimento dela, em 14 de novembro deste ano, na capital paulista. De acordo com a denúncia, ele usou um medicamento conhecido por induzir abortos e introduziu na companheira durante a relação sexual sem que ela percebesse.

"Aproveitando-se da vulnerabilidade advinda do momento de troca sexual, ele introduziu três comprimidos do medicamento na vagina da vítima, sem o seu conhecimento, violando o corpo da companheira", relata a promotoria, em entrevista publicada na revista Crescer.

Ainda de acordo com as informações, na manhã seguinte, a vítima acordou com cólicas e sangramento. Ao procurar um médico foi constado que o feto estava morto, já em processo de abortamento.

Receba nossas notícias por e-mail: Cadastre aqui seu endereço eletrônico para receber nossas matérias diariamente

Segundo a denúncia, a vítima começou a namorar o acusado no início de 2020 e, em setembro, ela descobriu que tinha engravidado: "Entre a descoberta da gestação e o dia do crime, o denunciado, decidido a não assumir a responsabilidade de ser pai, comprou o medicamento popularmente conhecido por provocar aborto, que pode tanto ser ingerido quanto introduzido no canal vaginal", informou o MP-SP.

Andamento do caso

Giuliano chegou a ser detido, entretanto foi liberado depois de pagar uma fiança, por isso, enquanto as investigações estão em andamento, ele está em liberdade. Contudo, ele foi denunciado ao MP-SP e o promotor Neudival Mascarenhas Filho solicitou, por meio de requerimento, a concessão de uma medida protetiva de urgência para impedir que o acusado se aproxime da vítima, de seus familiares ou de pessoas que possam ser testemunhas do caso, segundo a Crescer.

publicidade inserida(https://www.maxmilhas.com.br)

Busca por medicamentos abortivos

Segundo levantamento feito pela plataforma de comparação de preços na área farmacêutica Consulta Remédios, a busca pelo princípio ativo de um medicamento abortivo cresceu 91% durante a pandemia de Covid-19. O medicamento tem venda restrita no Brasil e só é utilizado em hospitais.

Os dados foram obtidos pela revista Exame e comparam os meses de abril a julho com o período entre janeiro e março. No total, foram mais de 500 mil buscas no período em que já eram aplicadas as restrições de circulação. Somente nos primeiros 15 dias de agosto, o número de buscas pelo princípio ativo foi de 73.521.

“Por mais que seja um medicamento de venda restrita, o que preocupa é o fato de as pessoas estarem buscando se informar sobre um produto proibido, provavelmente para saber como age e como é possível adquiri-lo”, disse à Exame a farmacêutica responsável pela plataforma, Francielle Mathias. Veja a matéria completa aqui.

Participe também: Grupos de WhatsApp e Telegram para receber notícias farmacêuticas diariamente.

Obrigado por apoiar o jornalismo profissional

A missão da Agência de notícias do ICTQ é levar informação confiável e relevante para ajudar os leitores a compreender melhor o universo farmacêutico. O leitor tem acesso ilimitado às reportagens, artigos, fotos, vídeos e áudios publicados e produzidos, de forma independente, pela redação da Instituição. Sua reprodução é permitida, desde que citada a fonte. O ICTQ é o principal responsável pela especialização farmacêutica no Brasil. Muito obrigado por escolher a Instituição para se informar.

Veja mais materias sobre:

Automedicação, Medicamentos, Farmácia Clínica

Atendimento

Atendimento de segunda a quinta-feira das 08:00h às 18:00h e sexta-feira das 08:00h às 17:00h (Exceto Feriados).

Telefones:

  • 0800 602 6660
  • (62) 3937-7056
  • (62) 3937-7063

Whatsapp

Endereço

Escritório administrativo - Goiás

Rua Benjamin Constant, nº 1491, Centro, Anápolis - GO.

CEP: 75.024-020

Escritório administrativo - São Paulo

Rua: Haddock Lobo, n° 131, Sala: 911, Cerqueira César.

CEP: 01414-001 , São Paulo -SP.

Fale conosco

PÓS-GRADUAÇÃO - TURMAS ABERTAS